O que é a tal da Diabetes e como identificar?

Com a vida agitada da cidade, estamos cultivando hábitos pouco saudáveis e que começam a agravar o quadro de doenças crônicas pelo mundo. Uma delas é a Diabetes, que vem aumentando nos últimos anos e que começa a trazer graves problemas para a população.

Uma em cada onze pessoas no mundo já são afetadas pela doença, que impacta mais de 420 milhões no mundo. O número representa um salto se compararmos números de décadas anteriores. Em 1980 por exemplo, o número de diabéticos era 314 milhões menor que os atuais.

Se analisarmos com mais detalhes os números, esse quadro começa a se tornar ainda mais preocupante, pois a diabetes já é a oitava maior causa de morte no mundo, cerca de 1,5 milhão de mortes por ano e com o crescimento do número de casos, esse número deve aumentar ainda mais.

Mas afinal, o que é a diabetes? 

Diabetes é uma doença crônica na qual o corpo não produz insulina ou não consegue empregar adequadamente a insulina que produz.

Que raios é essa tal de insulina? É um hormônio que controla a quantidade de glicose no sangue. O corpo precisa desse hormônio para utilizar a glicose, que obtemos por meio dos alimentos, como fonte de energia.

Principais tipos de diabetes:

Segundo Etienne Krung, da OMS, “é importante entendermos que a diabetes é uma doença silenciosa, mas está em uma marcha implacável que precisamos interromper”.

Deixar o nível de açúcar no sangue em níveis descontrolados trás consequências perigosas, como por exemplo:

  • Triplica os riscos de ataque cardíaco;
  • Aumenta em 20 vezes as chances de a pessoa ter a perna amputada;
  • Aumenta os riscos de derrame;
  • Risco de falência nos rins, cegueira, complicações na gravidez, entre outros….

No próximo post sobre a doença, saberemos um pouco mais dos riscos e formas de prevenção, não deixe de conferir com a gente!

Quais são os sintomas mais comuns?

Alguns sintomas são comuns em pacientes diabéticos, como por exemplo excesso de urina, sede excessiva, cansaço, perda de peso, fome excessiva, visão embaçada e cicatrização deficiente.

Como identificar se tenho diabetes?

Embora apresente muitos riscos, a diabetes não é uma doença difícil de se identificar e controlar, por isso fique atento e sempre consulte seu médico para te ajudar a tirar dúvidas e realizar o diagnóstico de maneira correta.
Para confirmar se é diabetes é recomendado fazer os seguintes exames:
  • Teste da picada do dedo: Normal até 200 mg/dl a qualquer hora do dia;
  • Exame de sangue da glicose com jejum de 8 horas: Normal até 99 mg/dl;
  • Teste de tolerância à glicose: Normal até 140 mg/dl 2 horas após o exame e 199 mg/dl até 4 horas;
  • Hemoglobina glicosilada: Normal entre 5,6 e 6,3%.
Todos as pessoas devem fazer pelo menos 1 destes exames uma vez ao ano para saber se a taxa de açúcar no sangue está alta. Qualquer pessoa, de qualquer idade, pode ter diabetes tipo 2, mesmo sem casos na família. Mas as chances aumentam quando há má alimentação e sedentarismo.
Fique de olho e vamos cuidar da sua saúde!

Deixe uma resposta

Bitnami